CÂNCER DE ESTÔMAGO

O esôfago é um tubo longo que desce pelo tórax na frente da coluna vertebral e vai desembocar no estômago, numa região chamada cárdia ou junção gastroesofágica. Com formato semelhante ao da letra J, a volta maior do estômago é denominada grande curvatura e a menor, pequena curvatura.

remdioO estômago pode ser dividido em três partes: fundo gástrico (parte superior junto à entrada do esôfago), corpo (parte intermediária e principal) e antro onde se localiza o piloro, ou esfíncter pilórico, na junção com o duodeno.

Se afastarmos o estômago, por trás dele, aparecem o pâncreas, glândula que produz enzimas digestivas e insulina, o baço e novamente o fígado e a vesícula biliar. Em contato com o estômago, está a porção transversa do intestino grosso que forma um ângulo e desce para desembocar no reto e no ânus.

Visto por dentro, o estômago é revestido pela mucosa gástrica, uma camada de tecido todo pregueado. É na mucosa gástrica que aparece a grande maioria dos tumores de estômago. À medida que crescem, eles penetram nas paredes estomacais e podem disseminar-se por outras estruturas – gânglios, ínguas ou linfonodos – situadas ao longo da pequena e da grande curvatura, o que agrava a situação.

Desde que diagnosticado precocemente, o câncer de estômago tem bom prognóstico e muitos são os casos de cura.

Fonte: drauziovarella.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *